Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
295,00 285,00 291,00
GO MT RJ
280,00 277,00 295,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2500,00
Garrote 18m 2850,00
Boi Magro 30m 3510,00
Bezerra 12m 2190,00
Novilha 18m 2620,00
Vaca Boiadeira 2840,00

Atualizado em: 28/9/2021 11:37

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Leite: produtor precisa ter cautela

 
 
 
Publicado em 19/07/2021

O setor lácteo passa por um momento complicado em termos de margens, custos altos, e dificuldade para repasses de preços. É o que aponta a análise do Centro de Inteligência do Leite, da Embrapa Gado de Leite.

Especialistas do setor entendem que o momento é de cautela e de apostar na boa gestão de custos. O último leilão da Global Dairy Trade, de 06 de julho, indicou novo recuo nos preços dos lácteos, com o leite em pó integral cotado a US$ 3.864/ton., 4,9% menor que em início de junho. Esse recuo está relacionado a maior oferta de leite de países exportadores, em virtude de crescimento da produção no primeiro semestre do ano nos Estados Unidos, Nova Zelândia, Argentina e Uruguai.

No Brasil, o custo de produção de leite, representado pelo ICPLeite/Embrapa, segue em elevação, com alta de 39% nos últimos 12 meses encerrados em junho. O concentrado subiu 68% no mesmo período. O milho, que vinha com preços em elevação, registrou recuo ao longo de maio em função da valorização cambial naquele mês e da maior oferta no mercado interno. O clima frio com geadas no Paraná, São Paulo e parte do Mato Grosso do Sul em junho, causou perdas adicionais à safrinha, prejudicando ainda mais a oferta do cereal, que já tinha sido afetada negativamente por um plantio tardio e clima seco.

O resultado foi que as cotações voltaram a subir em julho. O farelo de soja, também com trajetória declinante de preço, reverteu a direção no início de julho, após a desvalorização mais recente do real frente ao dólar. Dessa forma, não há, neste momento, alívio em custo de produção.

Em termos de produção de leite, neste período já há um crescimento na safra da região sul que tradicionalmente coloca um certo freio nas cotações. Sudeste e Centro-Oeste, por outro lado, seguem com produção mais baixa, ajudando na sustentação dos preços. A produção de leite, mais fraca na entressafra, deu fôlego aos preços do produto, que registraram alta ao produtor em junho e julho. Isso ajudou um pouco na melhoria das margens do produtor, mas que continuam pressionadas pela alta nos custos de produção.

No mercado atacadista de derivados lácteos houve valorização a partir de maio, em razão da menor disponibilidade interna de leite. O leite UHT em São Paulo passou de R$3/litro no início de maio para R$3,60/litro em meados de junho. Movimento parecido de valorização ocorreu no queijo muçarela, saindo do patamar de R$22/kg para R$28/kg no mesmo período. Nas últimas duas semanas, no entanto, o mercado atacadista perdeu fôlego, com UHT a R$2,50/litro e queijo muçarela a R$27/kg, mostrando alguma dificuldade para novos repasses. Com informações da Embrapa.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[28/09/2021] - China recusa reunião com o MAPA sobre o embargo
[28/09/2021] - Arroba: semana começou devagar
[28/09/2021] - Arroba: frigoríficos menores estão pagando mais
[28/09/2021] - Marfrig anuncia fechamento definitivo de unidade
[28/09/2021] - Marfrig e BRF virarão uma só empresa?
[28/09/2021] - Milho interrompe queda em SP
[28/09/2021] - China pode bloquear exportação de fertilizantes
[28/09/2021] - Confiança da indústria caiu em setembro
[28/09/2021] - Prazo para entrega do ITR termina dia 30/09

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[27/09/2021] - Frigoríficos tentam forçar baixa, sem sucesso
[27/09/2021] - Arroba: em SP, estabilidade
[27/09/2021] - Arroba: preços travados mesmo sem a China
[27/09/2021] - CEPEA: compradores de milho recuaram
[27/09/2021] - Milho: preços recuaram na semana passada
[24/09/2021] - Chineses pode estar usando embargo para pechinchar
[24/09/2021] - Arroba: poucas negociações no mercado
[24/09/2021] - CADE aprova compra de ações da BRF pela Marfrig
[24/09/2021] - Expansão da JBS causa preocupação na Austrália
[24/09/2021] - Leite: alta de custos não dá trégua
[24/09/2021] - Governo de SP isenta gado PO de ICMS
[24/09/2021] - Reino Unido quer acordo de importação com o Brasil
[24/09/2021] - Tereza Cristina está com Covid-19
[24/09/2021] - Governo reabre prazo de parcelamento para Funrural
[24/09/2021] - Aftosa: dez estados deixarão de vacinar em 2023
[23/09/2021] - Frigoríficos vão exportar carne para outros países
[23/09/2021] - Embargo chinês continua sem justificativa técnica
[23/09/2021] - Arroba: mercado lento, mas estável
[23/09/2021] - CEPEA: indicador do boi caiu 4,5%
[23/09/2021] - Milho: como estão os preços no mercado futuro?
[23/09/2021] - Bolsonaro zera PIS/COFINS sobre o milho
[23/09/2021] - Quando volta a chover no Centro-Oeste?
[22/09/2021] - Arroba: frigoríficos travam abates
[22/09/2021] - Arroba: boi segue com preços estáveis em SP
[22/09/2021] - Milho: impasse continua no mercado
[22/09/2021] - Leite sobe mas custos ainda pressionam produtor
[22/09/2021] - Brasil pode expandir pecuária sem desmatar
[21/09/2021] - Exportações do Agro batem US$ 10 bi em agosto
[21/09/2021] - Como realmente estão as exportações de carne?
[21/09/2021] - Arroba: mercado devagar, mas cotações estão firmes
[21/09/2021] - Em Mato Grosso, pecuaristas aguardam desfecho
[21/09/2021] - Como estão as negociações de boi em Goiás?
[20/09/2021] - Reino Unido confirma vaca louca e não sofre sanção
[20/09/2021] - Arroba: boi já parou de cair
[20/09/2021] - Arroba: situação complicada para o pecuarista
[20/09/2021] - Mercado espera definição da China, talvez hoje
[20/09/2021] - Milho: mercado travado
[20/09/2021] - Polícia recupera 336 bois furtados em SP
[17/09/2021] - O que os frigoríficos pretendem fazer agora?
[17/09/2021] - Rússia restringe compras de MG e MT
[17/09/2021] - Arroba: frigoríficos derrubam as cotações em SP
[17/09/2021] - Carne estocada pode ir para o mercado interno
[17/09/2021] - Empregos: Agro já recuperou o nível pré-pandemia
[17/09/2021] - Agro será o setor mais beneficiado com o 5G
[16/09/2021] - Arábia Saudita retira embargo ao Brasil
[16/09/2021] - CEPEA: embargo chinês deve ser revertido logo
[16/09/2021] - Boi caiu, mas preço da carne continua o mesmo
[16/09/2021] - Arroba: incerteza ainda trava negociações
[16/09/2021] - Pedido de vistas interrompe julgamento no STF
[16/09/2021] - MST abraça capitalismo e capta dinheiro no mercado

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br