Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
295,00 285,00 291,00
GO MT RJ
280,00 277,00 295,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2500,00
Garrote 18m 2850,00
Boi Magro 30m 3510,00
Bezerra 12m 2190,00
Novilha 18m 2620,00
Vaca Boiadeira 2840,00

Atualizado em: 28/9/2021 11:37

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Governo aumenta estimativa para o PIB

 
 
 
Publicado em 14/07/2021

O Ministério da Economia elevou com força sua projeção de crescimento econômico para este ano a 5,3% e ainda aumentou a estimativa de inflação a 5,90%, nível acima do teto da meta para o período, de acordo com boletim divulgado pela Secretaria de Política Econômica nesta quarta-feira.

O boletim anterior, de maio, projetava expansão do Produto Interno Bruto de 3,5% e inflação de 5,05% neste ano.

Para 2022, as estimativas passaram a um crescimento de 2,51% do PIB e alta do IPCA de 3,5%, contra 2,50% e 3,50% respectivamente antes.

A meta de inflação para este ano é de 3,75% e para 2022 de 3,50%, ambos com margem de tolerância na meta de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos.

A SPE destacou no documento que o resultado do PIB no primeiro trimestre deste ano mostrou que a economia brasileira está se recuperando da crise econômica causada pela pandemia da Covid-19 a taxas mais altas que nas retomadas após recessões anteriores. Mas ressaltou o elevado grau de incerteza devido aos efeitos da pandemia e da intensificação do risco hidrológico. "O principal motor desta recuperação tem sido a melhora do investimento", completou o boletim, ressaltando ainda que nas últimas semanas houve avanço da vacinação em massa no Brasil contra o coronavírus, com a expectativa de que isso tenha efeitos positivos para a projeção do crescimento da economia.

"Na atual retomada econômica, o investimento é financiado majoritariamente pelo próprio setor privado. Ou seja, o investimento passou a ser alocado para onde ele é mais eficiente e não mais para onde o Estado determina. Assim, observa-se elevação da participação do crédito com recursos livres em percentual do PIB", explicou.

Segundo a secretaria, entre outros fatores que propiciam o crescimento econômico no Brasil, estão a elevada liquidez internacional e aumento do preço das commodities, bem como a taxa de poupança mais elevada, robusto crescimento do crédito com financiamento do setor privado e maior crescimento do investimento.

No curto prazo, o governo estima um crescimento de 0,25% do PIB no segundo trimestre deste ano em relação ao primeiro, e de 12,93% sobre o mesmo período de 2020. Entre janeiro e março deste ano, o Brasil registrou crescimento de 1,2% sobre o trimestre anterior.

As estimativas apontam contração de 1,17% da agropecuária entre abril e junho sobre os três meses anteriores, mas expansão de 2,09% da atividade industrial e de 0,41% de serviços na mesma base de comparação.

Em relação à alta do IPCA, o boletim destacou que o índice tem sido impactado mais fortemente pelas variações no grupo dos monitorados, decorrente de elevações significativas nos preços dos combustíveis e energia elétrica, diante das alterações nas bandeiras tarifárias.

Nos 12 meses até junho, o IPCA acumulou avanço de 8,35%, depois de subir 0,53% no mês pressionado pela energia elétrica e combustíveis. A estimativa para a atividade econômica brasileira este ano ficou em linha com aquela calculada por especialistas na pesquisa Focus do Banco Central, que aponta previsão de expansão do PIB de 5,26% em 2021, mas de 2,09% em 2022.

Para a alta do IPCA, o levantamento semanal projeta 6,11% este ano e 3,75% no próximo. Com informações da Reuters.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[28/09/2021] - China recusa reunião com o MAPA sobre o embargo
[28/09/2021] - Arroba: semana começou devagar
[28/09/2021] - Arroba: frigoríficos menores estão pagando mais
[28/09/2021] - Marfrig anuncia fechamento definitivo de unidade
[28/09/2021] - Marfrig e BRF virarão uma só empresa?
[28/09/2021] - Milho interrompe queda em SP
[28/09/2021] - China pode bloquear exportação de fertilizantes
[28/09/2021] - Confiança da indústria caiu em setembro
[28/09/2021] - Prazo para entrega do ITR termina dia 30/09

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[27/09/2021] - Frigoríficos tentam forçar baixa, sem sucesso
[27/09/2021] - Arroba: em SP, estabilidade
[27/09/2021] - Arroba: preços travados mesmo sem a China
[27/09/2021] - CEPEA: compradores de milho recuaram
[27/09/2021] - Milho: preços recuaram na semana passada
[24/09/2021] - Chineses pode estar usando embargo para pechinchar
[24/09/2021] - Arroba: poucas negociações no mercado
[24/09/2021] - CADE aprova compra de ações da BRF pela Marfrig
[24/09/2021] - Expansão da JBS causa preocupação na Austrália
[24/09/2021] - Leite: alta de custos não dá trégua
[24/09/2021] - Governo de SP isenta gado PO de ICMS
[24/09/2021] - Reino Unido quer acordo de importação com o Brasil
[24/09/2021] - Tereza Cristina está com Covid-19
[24/09/2021] - Governo reabre prazo de parcelamento para Funrural
[24/09/2021] - Aftosa: dez estados deixarão de vacinar em 2023
[23/09/2021] - Frigoríficos vão exportar carne para outros países
[23/09/2021] - Embargo chinês continua sem justificativa técnica
[23/09/2021] - Arroba: mercado lento, mas estável
[23/09/2021] - CEPEA: indicador do boi caiu 4,5%
[23/09/2021] - Milho: como estão os preços no mercado futuro?
[23/09/2021] - Bolsonaro zera PIS/COFINS sobre o milho
[23/09/2021] - Quando volta a chover no Centro-Oeste?
[22/09/2021] - Arroba: frigoríficos travam abates
[22/09/2021] - Arroba: boi segue com preços estáveis em SP
[22/09/2021] - Milho: impasse continua no mercado
[22/09/2021] - Leite sobe mas custos ainda pressionam produtor
[22/09/2021] - Brasil pode expandir pecuária sem desmatar
[21/09/2021] - Exportações do Agro batem US$ 10 bi em agosto
[21/09/2021] - Como realmente estão as exportações de carne?
[21/09/2021] - Arroba: mercado devagar, mas cotações estão firmes
[21/09/2021] - Em Mato Grosso, pecuaristas aguardam desfecho
[21/09/2021] - Como estão as negociações de boi em Goiás?
[20/09/2021] - Reino Unido confirma vaca louca e não sofre sanção
[20/09/2021] - Arroba: boi já parou de cair
[20/09/2021] - Arroba: situação complicada para o pecuarista
[20/09/2021] - Mercado espera definição da China, talvez hoje
[20/09/2021] - Milho: mercado travado
[20/09/2021] - Polícia recupera 336 bois furtados em SP
[17/09/2021] - O que os frigoríficos pretendem fazer agora?
[17/09/2021] - Rússia restringe compras de MG e MT
[17/09/2021] - Arroba: frigoríficos derrubam as cotações em SP
[17/09/2021] - Carne estocada pode ir para o mercado interno
[17/09/2021] - Empregos: Agro já recuperou o nível pré-pandemia
[17/09/2021] - Agro será o setor mais beneficiado com o 5G
[16/09/2021] - Arábia Saudita retira embargo ao Brasil
[16/09/2021] - CEPEA: embargo chinês deve ser revertido logo
[16/09/2021] - Boi caiu, mas preço da carne continua o mesmo
[16/09/2021] - Arroba: incerteza ainda trava negociações
[16/09/2021] - Pedido de vistas interrompe julgamento no STF
[16/09/2021] - MST abraça capitalismo e capta dinheiro no mercado

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br