Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
296,00 279,00 291,00
GO MT RJ
286,00 287,00 279,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2720,00
Garrote 18m 3340,00
Boi Magro 30m 3970,00
Bezerra 12m 2240,00
Novilha 18m 2910,00
Vaca Boiadeira 3080,00

Atualizado em: 26/2/2021 09:42

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

PIB do Agro cresceu 16,81% até outubro de 2020

 
 
 
Publicado em 22/01/2021

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro cresceu 2,78% em outubro passado em relação ao mesmo mês de 2019, e acumulou alta de 16,81% nos primeiros dez meses de 2020 na comparação com igual período do ano anterior, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

De acordo com o levantamento, “o PIB do agro cresceu lentamente em abril e em maio do ano passado, em razão dos impactos negativos da pandemia da covid-19 sobre diferentes atividades do setor. Entretanto, de junho em diante, o cenário foi marcado por recuperação e aceleração do crescimento”.

O principal destaque foi o segmento primário (dentro da porteira), com alta mensal de 5,98% em relação a outubro de 2019, e avanço de 40,08% de janeiro a outubro do ano passado frente ao mesmo período de 2019.

A CNA e o Cepea explicam que o crescimento reflete a alta de preços, puxada pelo aumento de demanda doméstica e externa e alta do câmbio, safra recorde de grãos e a expansão da produção de suínos, aves, ovos e leite.

No ramo agrícola, o PIB registrou alta de 3,17% no mês e de 14,55% de janeiro a outubro. O segmento primário foi o que apresentou melhor resultado, com altas de 7,49% em outubro e 51,63% no acumulado anual, refletindo alta dos preços, expectativa de maior produção na safra atual com recorde de grãos e crescimento importante para o café.

Apesar dos resultados justificados principalmente pela valorização das cotações, o boletim ressalta alguns pontos. “O PIB desse segmento apresentou quedas sucessivas de 2017 a 2019, resultando numa redução acumulada de 20% nesses 3 anos. Nesse período, de 2017 a 2019, a queda na renda ocorreu mesmo com a produção agrícola tendo crescido quase 20%, refletindo um movimento desfavorável de preços”.

O estudo explica também que, no caso de alguns grãos, o uso de modalidades de comercialização que envolve venda antecipada tem sido intenso. “Por isso, a maior parte dos produtores não se beneficiou com a forte alta dos preços ao longo de 2020”. Outro fator foi que os custos de produção também tiveram alta expressiva.

Já o PIB pecuário cresceu 1,98% em outubro, acumulando alta de 21,95% de janeiro a outubro, com maiores preços das proteínas animais. Entretanto, o forte aumento nos custos de produção tem afetado negativamente as margens dentro da porteira e dificultado os investimentos na produção. Os insumos de alimentação também ficaram mais caros, uma vez que os grãos alcançaram patamares recordes de preços e, no caso da bovinocultura de corte, houve fortes elevações dos preços do bezerro e do boi magro. Com informações da CNA.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[26/02/2021] - Minerva tem lucro recorde em 2020
[26/02/2021] - Arroba: frigoríficos tentam oferecer menos
[26/02/2021] - Arroba: boi segue estável em SP
[26/02/2021] - Leite: crise deve levar produtores à falência
[26/02/2021] - Leite: produtores querem dados de importações
[26/02/2021] - STF pode derrubar compra de terra por estrangeiro
[26/02/2021] - Desemprego caiu no quarto trimestre de 2020

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[26/02/2021] - Mercosul cobra transparência dos europeus
[25/02/2021] - Arroba: frigoríficos pagam até R$ 307 em SP
[25/02/2021] - Alta do boi pode não dar lucro ao pecuarista
[25/02/2021] - Leite: fim do auxílio derruba preço
[25/02/2021] - Leite: preço do queijo cai e produtor já sofre
[25/02/2021] - Empresa da JBS admite culpa em cartel
[24/02/2021] - Brasil pode importar aftosa do Paraguai?
[24/02/2021] - Um mercado que pode disparar o preço do boi
[24/02/2021] - Arroba: mercado com poucos negócios
[24/02/2021] - Mercado do boi travado em SP
[24/02/2021] - Preço do bezerro bate recorde histórico
[23/02/2021] - Arroba: frigoríficos pressionam com férias
[23/02/2021] - Pecuaristas não aceitam queda e seguram o boi
[23/02/2021] - Exportações de carne bovina seguem lentas
[23/02/2021] - Exportações do Agro geraram US$ 5,6 bi em janeiro
[23/02/2021] - Frigoríficos: ociosidade bate recorde em MT
[23/02/2021] - Escassez de carne continua na China
[23/02/2021] - Minerva pode criar boi na Austrália
[23/02/2021] - Milho com tendência de alta
[23/02/2021] - Caixa libera R$ 12 bi para o agronegócio
[22/02/2021] - Frigoríficos tentam, sem sucesso, baixar o boi
[22/02/2021] - Arroba: falta de boi continua em SP
[22/02/2021] - Situação piora ainda mais para o produtor de leite
[22/02/2021] - A hora de comprar adubo é agora?
[22/02/2021] - Farelo de soja: preços podem subir mais
[22/02/2021] - Milho: vendedores saem do mercado
[22/02/2021] - Alta do diesel volta a acender ameaça de greve
[22/02/2021] - Bolsonaro troca o presidente da Petrobras
[22/02/2021] - Proteja seu gado contra queda de raios
[22/02/2021] - Onda de frio polar mata gado nos Estados Unidos
[19/02/2021] - Lucro da engorda vai embora na reposição
[19/02/2021] - Arroba: uma semana de mercado fraco
[19/02/2021] - Como está a arroba pelo Brasil?
[19/02/2021] - Frigoríficos querem mais negócios com árabes
[19/02/2021] - Bolsonaro zera impostos federais sobre o diesel
[18/02/2021] - Produtores voltam a protestar contra alta do ICMS
[18/02/2021] - Arroba: como o mercado voltou do Carnaval?
[18/02/2021] - Carne: exportações seguem fracas em fevereiro
[18/02/2021] - Abates voltaram a cair em Mato Grosso
[18/02/2021] - Milho: mercado vive impasse
[18/02/2021] - Na bolsa, alta do milho continua
[18/02/2021] - IGP-M desacelera alta em fevereiro
[12/02/2021] - Arroba: preços travam com consumo lento
[12/02/2021] - Frigoríficos tentam uma pressão de baixa
[12/02/2021] - Por que as exportações do Agro caíram em janeiro?
[12/02/2021] - PIB surpreende e deve cair menos que o esperado
[12/02/2021] - Polícia encontra gado furtado há mais de um ano
[11/02/2021] - Importar boi do Paraguai não vai derrubar a arroba
[11/02/2021] - Nada derruba a arroba do boi
[11/02/2021] - Mercado do boi pode mudar em março

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br