Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
190,00 173,00 188,00
GO MT RJ
179,00 171,00 179,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1790,00
Garrote 18m 2100,00
Boi Magro 30m 2610,00
Bezerra 12m 1320,00
Novilha 18m 1610,00
Vaca Boiadeira 1860,00

Atualizado em: 22/5/2020 10:30

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Na China, o coronavírus começa a ficar para trás

 
 
 
Publicado em 23/03/2020

Na sexta-feira, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e autoridades chinesas anunciaram que, pela primeira vez desde dezembro, a cidade de Wuhan, epicentro da pandemia de covid-19, não registrou nenhum caso da doença em 24 horas. Aos poucos, a China respira cada vez mais aliviada e vislumbra a vida pós-coronavírus.

Em quatro meses, a covid-19 deu a volta ao mundo, infectou mais de 250 mil pessoas e matou cerca de 10 mil. "Não houve mais casos em Wuhan nas últimas 24 horas", afirmou Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, na sexta-feira. "A cidade dá esperanças ao restante do mundo de que mesmo as situações mais extremas podem ser superadas."

Após 81 mil casos de covid-19 na China, menos de 7 mil permanecem doentes. Na sexta-feira, o país registrou poucos novos registros, a maioria de pessoas que vieram de outros países - e apenas três mortes, o menor número desde que as autoridades começaram a divulgar os dados, em janeiro.

Com isso, na semana passada, o último hospital temporário montado em Wuhan foi fechado e a Apple anunciou a reabertura de todas as suas 42 lojas no país. Aos poucos, bares e restaurantes vão reabrindo em Xangai, especialmente no Bund, à beira do Rio Huangpu, zona boêmia da cidade. Em Pequim, o trânsito volta lentamente ao caos habitual e, em breve, o ar da capital ficará irrespirável de novo.

Pandemia

Em dezembro, a covid-19 surgiu na China e se espalhou pelo mundo, ganhando status de pandemia dado pela OMS. Inicialmente, o governo chinês negou que houvesse um problema. A polícia de Wuhan chegou a ameaçar Li Wenliang, médico que havia alertado sobre a escalada da doença e cuja morte, em fevereiro, provocou revolta da população local.

Mas logo o país mudou de estratégia, reconheceu a gravidade da situação e adotou medidas extremas: confinamento em massa e criação de centros de saúde para atender apenas os suspeitos de portarem o vírus. "Foi uma atitude diferente da que tiveram na época do surto de Sars (entre 2002 e 2003). Na ocasião, Pequim dizia que não tinha culpa e escondia tudo. Agora, quando a coisa explodiu, a China envia especialistas para outros lugares", disse Godoy.

Mas ainda é preciso cautela, segundo a OMS. Restrições de viagem ainda vigoram na Província de Hubei, onde está localizada a cidade de Wuhan, que permanece isolada. Autoridades dizem que a quarentena em massa só acabará quando não houver mais nenhum caso registrado por 14 dias consecutivos. Preocupados com uma segunda onda de contaminações, várias regiões, incluindo Pequim, decidiram impor uma quarentena de 14 dias para quem chega de viagens internacionais. Com informações do portal Estadão.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[22/05/2020] - Carne brasileira começa a chegar aos EUA
[22/05/2020] - EUA: estoques de carne caíram
[22/05/2020] - China vai aumentar a importação de carne
[22/05/2020] - PIB da Pecuária bateu R$ 600 bi em 2019
[22/05/2020] - Arroba: como ficará o boi com o fim da safra?
[22/05/2020] - Preço da carne tem leve queda no varejo
[22/05/2020] - Marfrig e Minerva registram casos de Covid-19

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[22/05/2020] - Decreto deve evitar fechamento de frigoríficos
[22/05/2020] - Minerva cria fundo para apoiar o varejo
[21/05/2020] - Arroba: nem oferta maior derruba o boi
[21/05/2020] - CEPEA: preço do boi segue firme
[21/05/2020] - CNA: exportações do agro cresceram quase 6%
[21/05/2020] - Dólar cai mais de 1% após BC sinalizar intervenção
[21/05/2020] - JBS reabre unidade no RS
[21/05/2020] - Votação da regularização fundiária é adiada
[20/05/2020] - Frigoríficos aumentam as contratações em MS
[20/05/2020] - Recuperação dos frigoríficos dos EUA deve demorar
[20/05/2020] - Arroba: preços firmes para o boi
[20/05/2020] - Confinamento deve cair 16% em Mato Grosso
[20/05/2020] - Leite: alta do dólar reduz importações
[20/05/2020] - MT: comunicação de vacina pode ser feita por e-mai
[20/05/2020] - Doria promete afrouxar quarentena em junho
[19/05/2020] - Como estão as exportações de carne em maio?
[19/05/2020] - Marfrig: prejuízo com dólar apaga recorde
[19/05/2020] - Marfrig: Brasil tem clientes melhores que os EUA
[19/05/2020] - Arroba: consumo interno não empolga
[19/05/2020] - Boi: já tem frigorífico comprando para junho
[19/05/2020] - Preço do bezerro disparou em Mato Grosso
[19/05/2020] - Unidade da Marfrig tem 14 casos de Covid-19
[19/05/2020] - JBS obtém liminar para retomada de unidade no RS
[19/05/2020] - JBS vai à Justiça para reabrir unidade em SC
[19/05/2020] - Justiça condena responsáveis por leite adulterado
[19/05/2020] - Dólar tem a maior queda desde 29 de abril
[19/05/2020] - Agro responde por 80% das exportações do Paraná
[19/05/2020] - Câmara de SP aprova mega feriadão municipal
[19/05/2020] - China pode ampliar retaliação contra a Austrália
[18/05/2020] - Exportações do Agro batem recorde em abril
[18/05/2020] - Arroba: mercado movimentado na última sexta
[18/05/2020] - Reposição: mais uma semana devagar
[18/05/2020] - Unidade da JBS em SC também é interditada
[18/05/2020] - Milho: mercado sobe, de olho no clima
[18/05/2020] - Aftosa: retirada da vacina pode atrasar
[15/05/2020] - Preço do boi pode explodir em julho
[15/05/2020] - JBS tem prejuízo bilionário com a alta do dólar
[15/05/2020] - Embargo chinês já atinge frigoríficos da Austrália
[15/05/2020] - Carne bovina já está em falta nos EUA
[15/05/2020] - Frigoríficos derrubam o preço do boi em SP
[15/05/2020] - Carne bovina sobe no atacado
[15/05/2020] - Produtores e laticínios em guerra em Rondônia
[15/05/2020] - Dólar oscila com saída do ministro da Saúde
[15/05/2020] - Pecuária de Goiás deve crescer 17% em 2020
[14/05/2020] - Brasil pode exportar ainda mais carne à China
[14/05/2020] - PIB do Agro deve ser o maior dos últimos 31 anos
[14/05/2020] - Frigoríficos tentam pagar menos pelo boi
[14/05/2020] - Arroba: exportadores seguram preço do boi
[14/05/2020] - Prefeitura libera novamente unidade da JBS
[14/05/2020] - Banco prevê queda na produção de leite

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br