Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
190,00 173,00 188,00
GO MT RJ
179,00 171,00 179,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1790,00
Garrote 18m 2100,00
Boi Magro 30m 2610,00
Bezerra 12m 1320,00
Novilha 18m 1610,00
Vaca Boiadeira 1860,00

Atualizado em: 22/5/2020 10:30

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Congresso aprova fim do prazo para o CAR

 
 
 
Publicado em 10/10/2019

O Senado aprovou nesta quarta-feira (9) a medida provisória (MP) que acaba com o prazo para a inscrição obrigatória no Cadastro Ambiental Rural (CAR). Como já foi aprovado pela Câmara, o texto segue para a sanção do presidente Jair Bolsonaro.

O Cadastro Ambiental Rural foi criado pelo Código Florestal, em 2012. É um registro público eletrônico nacional para propriedades rurais.

O objetivo do cadastro é integrar as informações ambientais das propriedades e posses rurais, compondo base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico, além de combate ao desmatamento.

Para se inscrever no CAR, o interessado precisa se identificar e comprovar a propriedade da área cadastrada. Também precisa identificar o imóvel por meio de planta ou memorial descritivo, contendo as coordenadas geográficas.

O Código Florestal previa inicialmente prazo de um ano para a requisição do cadastro pelos produtores rurais. Em 2017, uma mudança no texto estabeleceu como data de fim de prazo para a inscrição no CAR o dia 31 de dezembro daquele ano (prorrogável por mais um ano). Em dezembro de 2017, houve nova prorrogação.

A medida provisória aprovada nesta quarta pelo Senado retira as menções a prazos no texto, mas deixa claro que a inscrição no CAR é obrigatória.

“O CAR é um instrumento fantástico de fiscalização e controle pelos órgãos ambientais, como o Ibama, e os órgãos ambientais dos estados. Inclusive, passou a ser utilizado pelas instituições financeiras que financiam os produtores, que passaram a usar os dados dessa plataforma como instrumento de financiamento rural”, disse o relator da proposta, senador Irajá (PSD-TO), ao justificar a necessidade de tornar a inscrição no CAR permanente.

Quando foi editada em junho pelo governo, a MP previa apenas que a inscrição no cadastro seria obrigatória para todas as propriedades e posses rurais, sem menção a prazos.

Os parlamentares mudaram o texto e estabeleceram que a adesão ao Programa de Regularização Ambiental (PRA) deverá ser solicitada em até dois anos após a inscrição no cadastro, desde que a inscrição no CAR seja realizada até 31 de dezembro de 2020.

A inscrição da propriedade rural no cadastro é uma condição obrigatória para adesão ao PRA, já prevista em lei.

“Os produtores que têm algum tipo de pendência ambiental poderão fazer a inclusão no Programa de Regularização Ambiental e, dessa forma, sanarem as pendências. Às vezes, falta uma reserva legal, a recuperação de uma área de preservação permanente. Então, é a chance que o produtor tem de cumprir a legislação ambiental e, claro, poder se regularizar e estar apto a tirar financiamentos nas instituições financeiras”, disse Irajá.

“Temos a legislação ambiental mais rigorosa do mundo e, se o produtor não se adequar a essa legislação, e não cumprir suas obrigações, ele fica sujeito às penalidades da lei, aos embargos, às multas e aos autos de infração”, completou. Com informações do G1.

Durante votação da medida provisória na Câmara, os deputados retiraram do texto um ponto polêmico que, segundo ambientalistas, poderia regularizar terras sem a devida compensação ambiental.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[22/05/2020] - Carne brasileira começa a chegar aos EUA
[22/05/2020] - EUA: estoques de carne caíram
[22/05/2020] - China vai aumentar a importação de carne
[22/05/2020] - PIB da Pecuária bateu R$ 600 bi em 2019
[22/05/2020] - Arroba: como ficará o boi com o fim da safra?
[22/05/2020] - Preço da carne tem leve queda no varejo
[22/05/2020] - Marfrig e Minerva registram casos de Covid-19

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[22/05/2020] - Decreto deve evitar fechamento de frigoríficos
[22/05/2020] - Minerva cria fundo para apoiar o varejo
[21/05/2020] - Arroba: nem oferta maior derruba o boi
[21/05/2020] - CEPEA: preço do boi segue firme
[21/05/2020] - CNA: exportações do agro cresceram quase 6%
[21/05/2020] - Dólar cai mais de 1% após BC sinalizar intervenção
[21/05/2020] - JBS reabre unidade no RS
[21/05/2020] - Votação da regularização fundiária é adiada
[20/05/2020] - Frigoríficos aumentam as contratações em MS
[20/05/2020] - Recuperação dos frigoríficos dos EUA deve demorar
[20/05/2020] - Arroba: preços firmes para o boi
[20/05/2020] - Confinamento deve cair 16% em Mato Grosso
[20/05/2020] - Leite: alta do dólar reduz importações
[20/05/2020] - MT: comunicação de vacina pode ser feita por e-mai
[20/05/2020] - Doria promete afrouxar quarentena em junho
[19/05/2020] - Como estão as exportações de carne em maio?
[19/05/2020] - Marfrig: prejuízo com dólar apaga recorde
[19/05/2020] - Marfrig: Brasil tem clientes melhores que os EUA
[19/05/2020] - Arroba: consumo interno não empolga
[19/05/2020] - Boi: já tem frigorífico comprando para junho
[19/05/2020] - Preço do bezerro disparou em Mato Grosso
[19/05/2020] - Unidade da Marfrig tem 14 casos de Covid-19
[19/05/2020] - JBS obtém liminar para retomada de unidade no RS
[19/05/2020] - JBS vai à Justiça para reabrir unidade em SC
[19/05/2020] - Justiça condena responsáveis por leite adulterado
[19/05/2020] - Dólar tem a maior queda desde 29 de abril
[19/05/2020] - Agro responde por 80% das exportações do Paraná
[19/05/2020] - Câmara de SP aprova mega feriadão municipal
[19/05/2020] - China pode ampliar retaliação contra a Austrália
[18/05/2020] - Exportações do Agro batem recorde em abril
[18/05/2020] - Arroba: mercado movimentado na última sexta
[18/05/2020] - Reposição: mais uma semana devagar
[18/05/2020] - Unidade da JBS em SC também é interditada
[18/05/2020] - Milho: mercado sobe, de olho no clima
[18/05/2020] - Aftosa: retirada da vacina pode atrasar
[15/05/2020] - Preço do boi pode explodir em julho
[15/05/2020] - JBS tem prejuízo bilionário com a alta do dólar
[15/05/2020] - Embargo chinês já atinge frigoríficos da Austrália
[15/05/2020] - Carne bovina já está em falta nos EUA
[15/05/2020] - Frigoríficos derrubam o preço do boi em SP
[15/05/2020] - Carne bovina sobe no atacado
[15/05/2020] - Produtores e laticínios em guerra em Rondônia
[15/05/2020] - Dólar oscila com saída do ministro da Saúde
[15/05/2020] - Pecuária de Goiás deve crescer 17% em 2020
[14/05/2020] - Brasil pode exportar ainda mais carne à China
[14/05/2020] - PIB do Agro deve ser o maior dos últimos 31 anos
[14/05/2020] - Frigoríficos tentam pagar menos pelo boi
[14/05/2020] - Arroba: exportadores seguram preço do boi
[14/05/2020] - Prefeitura libera novamente unidade da JBS
[14/05/2020] - Banco prevê queda na produção de leite

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br