Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
207,00 185,00 207,00
GO MT RJ
192,00 185,00 191,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1820,00
Garrote 18m 2300,00
Boi Magro 30m 2600,00
Bezerra 12m 1350,00
Novilha 18m 1620,00
Vaca Boiadeira 1900,00

Atualizado em: 10/12/2019 11:58

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

China fará investimento recorde em porto no Brasil

 
 
 
Publicado em 14/11/2019

Maior parceira comercial do Brasil, a China anunciará um investimento bilionário no Porto de São Luís através da China Communications Construction Company (CCCC), afirmaram duas fontes com conhecimento direto do assunto, em condição de anonimato.

O anúncio será feito no âmbito da cúpula do Brics, grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Uma das fontes pontuou que os recursos anunciados farão parte do maior projeto de investimento estrangeiro direto anunciado para o país neste ano.

A pedra fundamental do porto de São Luís foi lançada em março do ano passado. À época, a agência estatal chinesa Xinhua informou que a CCCC liderava o projeto com participação acionária de 51% no empreendimento, ao lado das brasileiras WPR, do grupo de construção WTorre, e da gestora Lyon Capital.

Em seu site, a WTorre informa que o porto de São Luís é um terminal de uso misto privado. Com retroárea de 1.500.000 m² o projeto atende as áreas central, norte e nordeste do Brasil, interligado pela Ferrovia Norte–Sul/Carajás.

A segunda fonte afirmou que os investimentos não pararão por aí, com recursos também sendo divulgados para o modal ferroviário.

Mais cedo nesta quarta-feira, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo Jair Bolsonaro está procurando níveis de integração maior com a China, envolvendo não apenas negociações comerciais, mas também investimentos.

Em discurso num seminário sobre o papel do Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), o banco do Brics, Guedes chegou a dizer que o Brasil estava conversando com a China sobre a possibilidade de uma área de livre comércio. Mas, questionado por mais detalhes sobre o tema, ele apenas indicou a jornalistas que a intenção era aprofundar as relações com o gigante asiático.

Segundo a Reuters apurou, o Brasil quer, de um lado, expandir o número de produtos que compõem a pauta de exportação para a China, hoje muito concentrada em soja, petróleo e minério de ferro. O governo mira a ampliação de mercado para todo o complexo de alimentos brasileiros, com destaque para as proteínas animais.

De outro lado, o país busca também que as conversas com a China contemplem cada vez mais a frente de investimentos em meio à necessidade de financiamento para projetos de infraestrutura.

"Você tinha um gigantismo na pauta comercial, mas menos fluxo de investimentos, (agora) fluxo de investimentos também está aumentando", disse a primeira fonte. Com informações da Reuters.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[10/12/2019] - Exportações de carne seguem fortes em dezembro
[10/12/2019] - ABIEC acredita em reabertura dos EUA até março
[10/12/2019] - Frigoríficos prevêem recordes para exportação
[10/12/2019] - Exportações do Agro sobem puxadas pela carne
[10/12/2019] - Pecuarista segura o boi e frigoríficos pressionam
[10/12/2019] - Arroba: frigoríficos seguram compras
[10/12/2019] - MT: arroba perdeu força

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[10/12/2019] - Pecuarista está cauteloso na reposição
[10/12/2019] - FGV: alta das carnes não chegará à inflação
[10/12/2019] - MP cobra na Justiça R$ 21 bilhões da JBS
[10/12/2019] - PF acusa a JBS de pagar suborno a fiscais
[10/12/2019] - Bolsonaro assina MP da Regularização Fundiária
[10/12/2019] - Crédito rural cresceu 6% em 2019
[09/12/2019] - Arroba: as quedas também não são para sempre
[09/12/2019] - Tereza Cristina falou sobre o futuro da arroba
[09/12/2019] - Arroba: preço do boi tenta estabilidade
[09/12/2019] - Carne parou de subir no atacado
[09/12/2019] - JBS tirará maior parte dos negócios do Brasil
[09/12/2019] - Marfrig anuncia investimento e retomada de unidade
[09/12/2019] - Marfrig oficializa oferta para saída do BNDES
[09/12/2019] - Frigoríficos querem liberação de crédito em SP
[09/12/2019] - Raiva: Tocantins tira obrigação de vacinar
[09/12/2019] - Milho subiu 28% em um ano
[06/12/2019] - Arroba: mercado busca nova referência
[06/12/2019] - China: quase metade das exportações brasileiras
[06/12/2019] - Alta das carnes puxou a alta da inflação no Brasil
[06/12/2019] - Preço da carne bovina subiu no mundo todo
[06/12/2019] - China tenta reativar mercado de suínos do país
[06/12/2019] - Marfrig: Molina não vai comprar parte do BNDES
[06/12/2019] - Banco prevê recuperação para o mercado do leite
[06/12/2019] - Leite: concorrência limita queda maior no preço
[06/12/2019] - Custos em alta pressionam produtor de leite
[06/12/2019] - Lácteos: demanda deve melhorar no fim de ano
[06/12/2019] - Rondônia anuncia fim da vacinação contra aftosa
[06/12/2019] - RS suspende multa para quem não vacinou
[06/12/2019] - O Brasil terá nova greve dos caminhoneiros?
[05/12/2019] - Até onde vai a queda do preço do boi?
[05/12/2019] - Arroba: vendas fracas de carne travam negócios
[05/12/2019] - Ministra prevê mais investimentos na pecuária
[05/12/2019] - CNA: pecuária deverá crescer 14% em 2020
[05/12/2019] - JBS: investimento maior em aves e suínos
[05/12/2019] - Custo de produção de leite volta a subir
[05/12/2019] - Exportações de milho em alta
[05/12/2019] - MP do Agro avança no Congresso
[04/12/2019] - Arroba: consumidor trava alta e mercado recua
[04/12/2019] - A disparada do boi em Mato Grosso
[04/12/2019] - Frigoríficos menores seguram compra de boi
[04/12/2019] - Frigorificos: exportações seguirão fortes em 2020
[04/12/2019] - Rússia barra compras de frigoríficos argentinos
[04/12/2019] - Tereza diz que mercado da carne voltará ao normal
[04/12/2019] - Júnior Friboi é alvo de operação da PF
[04/12/2019] - CVM rejeita acordo com irmãos Batista
[04/12/2019] - Cade aprova nova aquisição da JBS
[04/12/2019] - Leite: concorrência está maior em 2019
[04/12/2019] - Moro busca apoio de ruralistas para pacote
[04/12/2019] - Tereza: Agro é retratado de forma maldosa
[03/12/2019] - Arroba: frigoríficos pressionam por queda

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br