Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
200,00 185,00 194,00
GO MT RJ
189,00 187,00 181,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1830,00
Garrote 18m 2170,00
Boi Magro 30m 2690,00
Bezerra 12m 1370,00
Novilha 18m 1620,00
Vaca Boiadeira 1850,00

Atualizado em: 28/2/2020 09:55

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

China consome reserva de emergência de carne

 
 
 
Publicado em 12/09/2019

A crise da carne suína na China piorou tanto que algumas de suas cidades estão começando a explorar suas reservas estratégicas de carne congelada.

Pelo menos quatro cidades ou províncias que abrigam cerca de 130 milhões de pessoas começaram a baixar estoques para inundar o mercado com carne suína congelada, na tentativa de estabilizar os preços e aumentar a oferta . O consumo de carne de porco é vital para a cultura chinesa e a disponibilidade é importante neste fim de semana, quando a China comemora seu segundo maior feriado do ano.

A liberação de reservas locais é o exemplo mais recente de como a China está tentando lidar com a crise - mas mesmo isso pode não ser suficiente para resolver o problema, dizem especialistas. O maior mercado de carne suína do mundo foi devastado por um surto de peste suína africana e perdeu mais de 100 milhões de porcos no ano passado, por causa de doenças ou porque os agricultores não querem reabastecer os porcos depois que morrem. O declínio na oferta de suínos elevou os preços da carne suína em quase 50% no ano passado.

Nesta quinta-feira, a cidade de Jinan, no leste da China, se tornou o mais recente governo local a anunciar que liberaria algumas de suas reservas congeladas de carne de porco. O governo começou a liberar carne de porco para coincidir com as comemorações do feriado deste fim de semana, de acordo com relatos da mídia estatal. Ele lançará outra rodada de carne de porco ainda este mês, antes do 70º aniversário da República Popular da China, em 1º de outubro. No total, Jinan planeja liberar 1.500 toneladas de carne de porco durante o próximo mês.  Com informações da Suinocultura Industrial.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[28/02/2020] - Exportações: somente a carne bovina tem recuo
[28/02/2020] - Molina aproveita pânico e compra ações do Marfrig
[28/02/2020] - Arroba: pecuarista segura as vendas
[28/02/2020] - Minerva segura abates com falta de boi
[28/02/2020] - CEPEA: baixa oferta segura preço do boi
[28/02/2020] - Desemprego tem queda superior às previsões
[27/02/2020] - Frigoríficos: entregas à China estão normais

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[27/02/2020] - Minerva tem 5 unidades liberadas pelos americanos
[27/02/2020] - JBS tem 11 unidades aprovadas pelos EUA
[27/02/2020] - EUA: liberação da carne brasileira vira polêmica
[27/02/2020] - OMS: epidemia chegou a um ponto decisivo
[27/02/2020] - China espera controlar epidemia no fim de abril
[27/02/2020] - Dólar dispara por pânico com coronavírus
[27/02/2020] - Como o mercado do boi voltou do Carnaval?
[27/02/2020] - Pecuarista segura o boi esperando preço melhor
[27/02/2020] - Frigoríficos de SP precisam comprar boi
[27/02/2020] - IGP-M tem deflação em fevereiro
[27/02/2020] - Dólar alto puxa o preço do farelo de soja
[27/02/2020] - Caroço de algodão mais caro em 2020
[27/02/2020] - Argentina trava exportações do agronegócio
[26/02/2020] - Reabertura dos EUA pode puxar a arroba no Brasil?
[26/02/2020] - EUA oficializam reabertura do mercado ao Brasil
[26/02/2020] - EUA prevêem produção de carne maior no Brasil
[26/02/2020] - Arroba: sem espaço para queda
[26/02/2020] - Reposição: preços em alta
[26/02/2020] - Carne: demanda segue fraca e segura preço
[26/02/2020] - Dólar alto puxa preço do farelo de soja
[26/02/2020] - Coronavírus pode afetar a economia do Brasil?
[26/02/2020] - Primeiro caso de coronavírus no Brasil
[26/02/2020] - Itália vive epidemia de coronavírus
[26/02/2020] - Itália: medidas contra o coronavírus são fortes
[26/02/2020] - OMS: transmissão do vírus na China desacelerou
[26/02/2020] - Mercados agrícolas sobem em dia de queda geral
[26/02/2020] - MAPA autoriza antecipação da vacinação no RS
[26/02/2020] - Produtores rurais argentinos marcam greve
[26/02/2020] - Macron promete brigar por subsídios a agricultores
[21/02/2020] - Arroba: frigoríficos podem aumentar ofertas
[21/02/2020] - Carne: preços firmes no atacado
[21/02/2020] - Mortes pelo coronavírus passam de 2.200 na China
[21/02/2020] - China: Vírus atrasa compras de produtos agrícolas
[21/02/2020] - Produção de carne dos EUA baterá recorde
[21/02/2020] - Marfrig pode vender ações nos EUA
[21/02/2020] - Empresa da JBS lucra 84% mais
[21/02/2020] - Dólar bate os R$ 4,40, maior valor da história
[21/02/2020] - Exportações de milho caíram
[21/02/2020] - Frete caro puxa preço do milho
[20/02/2020] - Brasil pode bater outro recorde na carne bovina
[20/02/2020] - Marfrig acredita que exportações seguirão fortes
[20/02/2020] - Minerva já vê retomada do mercado chinês
[20/02/2020] - Minerva: novos mercados estão se abrindo
[20/02/2020] - China começa a retomar a vida normal
[20/02/2020] - Arroba: mercado do boi está andando de lado
[20/02/2020] - Carne não consegue ganhar embalo no varejo
[20/02/2020] - Pecuaristas do RS querem antecipar fim da vacina
[19/02/2020] - Carnaval pode puxar a demanda pelo boi
[19/02/2020] - Pecuarista segura as vendas esperando a alta
[19/02/2020] - Um estado onde o boi subiu mais de 10%

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br