Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
163,00 152,00 158,00
GO MT RJ
148,00 147,00 156,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1540,00
Garrote 18m 1850,00
Boi Magro 30m 2160,00
Bezerra 12m 1200,00
Novilha 18m 1410,00
Vaca Boiadeira 1540,00

Atualizado em: 18/10/2019 10:05

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

China: sindicato teme demissões no Minerva

 
 
 
Publicado em 12/06/2019

O Sindicato dos Trabalhadores da Alimentação teme demissões após o frigorífico Minerva anunciar férias coletivas para a unidade em Barretos (SP). A partir de segunda-feira (17), 635 funcionários paralisarão as atividades para a realização de serviços de manutenção.

As férias acontecem durante o período de suspensão das exportações de carne bovina brasileira para a China, anunciado no início de junho pelo governo federal após a morte de um animal no Mato Grosso. De acordo com informações do Ministério da Agricultura, uma vaca contraiu encefalopatia espongiforme bovina (EEB), a chamada doença da "vaca louca".

“A gente não sabe por quanto tempo pode durar a suspensão e o sindicato está preocupado com possíveis demissões se o quadro não se reverter brevemente. São 635 empregos. Isso dentro do nosso município faz uma diferença muito grande”, diz o presidente Enilson Roberto da Silva.

Em nota, Minerva Foods informou que a manutenção é preventiva. "O objetivo é garantir a conservação adequada das instalações e a eficiência máxima da operação". As atividades da unidade serão retomadas a partir do dia 1 de julho, disse a empresa.

A medida tomada pelo governo federal atende a um acordo bilateral assinado em 2015. O protocolo prevê a suspensão quando houver algum risco após a detecção de alguma doença.

Segundo o Ministério da Agricultura, o animal doente já foi abatido e todo o material "de risco específico para a doença" foi removido durante o abate e incinerado.

A previsão é que as férias no frigorífico sigam até 30 de junho. De acordo com o sindicato, a unidade é a única da empresa no Brasil a exportar carne para a Ásia. Diariamente, são abatidas 840 cabeças de gado.

De acordo com Silva, manutenções são feitas periodicamente na Minerva em cumprimento às exigências sanitárias. Mas, desta vez, os serviços estão sendo feitos em razão da suspensão das exportações.

Na segunda-feira (10), funcionários começaram a ser comunicados sobre as férias, mas o sindicato já havia sido informado na semana passada.

Apesar da paralisação do abate na unidade e da possibilidade de prejuízo, o pecuarista Tonico Carvalho vê com bons olhos a atuação do governo no problema e espera que a situação seja normalizada até o fim de junho.

“O único caso foi com a China, nenhum outro país parou a exportação, está tudo normal. O que acontece é que tem o lado comercial e ele foi afetado. O preço do boi caiu R$ 9 em uma semana, coisa que é completamente anormal. Em 15 dias deve estar tudo normal.”

Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) prevê que as exportações sejam retomadas no fim deste mês e que os embarques represados podem ser compensados em julho, com possibilidade atingir números recordes.

A suspensão das exportações ocorre em um momento em que o Brasil tenta ampliar os embarques de carnes para a China, diante do surto de peste suína que vem reduzindo a oferta de proteína animal no país.

No começo de maio, uma comitiva brasileira, chefiada pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, visitou uma série de países asiáticos. Um dos principais objetivos da visita era a liberação de frigoríficos brasileiros para exportar para a China.

Segundo a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), a China é principal mercado para carne do Brasil em faturamento e o segundo em volume (atrás somente de Hong Kong).

Em 2018, os embarques de carne bovina para a China somaram 322,4 mil toneladas e US$ 1,49 bilhão. Os números representam alta de 52,54% e 60,04%, respectivamente, em relação a 2017.

Nos primeiros quatro meses deste ano, as vendas para o mercado chinês representaram 17,8% do volume total de carne bovina embarcado, com 95,7 mil toneladas e um faturamento de US$ 442,4 milhões, de acordo com a associação. Com informações do G1.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[18/10/2019] - O boi vai parar de subir?
[18/10/2019] - Arroba: boi segue em alta firme
[18/10/2019] - Americanos estimam que Brasil baterá recordes
[18/10/2019] - Como está o preço do boi em Santa Catarina?
[18/10/2019] - MP investigará incentivos dados à JBS
[18/10/2019] - CPI tentará aprovar relatório sem petistas
[18/10/2019] - Preço da uréia está menor em 2019

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[18/10/2019] - Prioridade do Incra é a regularização de terras
[17/10/2019] - Arroba: boi sobe e frigoríficos oferecem mais
[17/10/2019] - CEPEA: boi e carne batem recordes de preço
[17/10/2019] - Preço do boi dispara também nos Estados Unidos
[17/10/2019] - Relator tira Lula e Dilma da CPI do BNDES
[17/10/2019] - Justiça absolve Temer em conversa com Joesley
[17/10/2019] - JBS prepara reestruturação
[17/10/2019] - Novo presidente do INCRA é pecuarista
[16/10/2019] - Mercado futuro já sinaliza arroba a R$ 170
[16/10/2019] - Estiagem prolongada preocupa pecuaristas no MS
[16/10/2019] - Qual a tendência para a arroba do boi?
[16/10/2019] - Reposição: oferta está curta em Goiás
[16/10/2019] - Varejo tenta puxar para cima o preço da carne
[16/10/2019] - BNDES: funcionários estariam travando venda da JBS
[16/10/2019] - Presidente da CPI do BNDES acusa Batistas e PT
[16/10/2019] - Bolsonaro tentará negociar acordo com o Japão
[16/10/2019] - O que muda com o fim da vacinação no Paraná?
[16/10/2019] - Milho está mais caro que em 2018
[16/10/2019] - Sérgio Moro atuará contra venda casada no crédito
[15/10/2019] - Exportações de carne bovina devem bater recorde
[15/10/2019] - China aumenta importação de carne bovina
[15/10/2019] - Arroba do boi volta a subir
[15/10/2019] - Arroba: diminui a diferença entre o MS e SP
[15/10/2019] - Preço da carne reage e sobe
[15/10/2019] - Alta forte da pecuária evita queda no PIB do Agro
[15/10/2019] - BNDES deve vender logo participação na JBS
[15/10/2019] - CPI do BNDES deve aprovar indiciamentos hoje
[15/10/2019] - Batista consegue liminar para não depor em CPI
[15/10/2019] - Danone muda para tentar reação nas vendas
[15/10/2019] - Captação de leite cresceu 1% no MS
[15/10/2019] - Crédito rural: contratações em alta
[15/10/2019] - RS quer parar de vacinar em 2020
[14/10/2019] - Mercado para o boi segue firme
[14/10/2019] - Atividade econômica teve pequena alta em agosto
[14/10/2019] - Minerva paralisa abates em unidades do Uruguai
[14/10/2019] - Filho de Wesley Batista depõe hoje em CPI
[14/10/2019] - Governo vai proibir vacinação no Paraná
[14/10/2019] - Foco de peste suína preocupa?
[14/10/2019] - Brasil deve ter confronto com a UE sobre carne
[14/10/2019] - Qual a previsão para o preço do milho?
[14/10/2019] - Milho: preço segue em alta
[11/10/2019] - Foco de peste suína é registrado em Alagoas
[11/10/2019] - Novos mercados se abrem para a carne do Brasil
[11/10/2019] - Carne bate recorde de preço e puxa a arroba
[11/10/2019] - Reposição ganha força e preços sobem
[11/10/2019] - Investigação derruba ações da JBS nos EUA
[11/10/2019] - Rússia habilita cooperativa frigorífica do TO
[11/10/2019] - TO: governo e frigoríficos tentam sair de impasse
[11/10/2019] - Exportações de milho subiram 130%
[10/10/2019] - Exportações podem bater recorde em outubro

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br