Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
159,00 146,00 153,00
GO MT RJ
144,00 143,00 150,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1480,00
Garrote 18m 1800,00
Boi Magro 30m 2100,00
Bezerra 12m 1130,00
Novilha 18m 1340,00
Vaca Boiadeira 1510,00

Atualizado em: 20/9/2019 09:47

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Sinal ruim ainda limita internet no campo

 
 
 
Publicado em 21/05/2019

A falta de conexão de internet, um antigo obstáculo nas áreas rurais do Brasil, tornou-se crítica à medida que mais e mais equipamentos agrícolas chegam ao mercado com capacidades tecnológicas que só podem ser totalmente utilizadas com a conectividade.

A agricultura brasileira cresceu a um ritmo veloz na última década, colocando o país entre os principais produtores de alimentos do mundo, mas alguns empecilhos permanecem, como a cobertura de internet.

De acordo com uma estimativa da TIM Participações, atualmente menos de 10% das fazendas brasileiras são conectadas. Para comparação, nos Estados Unidos basicamente 100 por cento da população tem acesso à internet por banda larga.

"Esse é um problema estrutural que temos no Brasil e que precisamos resolver", disse Christian González, vice-presidente para a América do Sul da Case IH, divisão de máquinas agrícolas da CNH Industrial.

Ele afirma que as máquinas modernas, como plantadoras e colheitadeiras, podem ser ajustadas a todo momento durante as operações em busca de maior eficiência, algo que só pode ser realizado quando estão conectadas a uma sala de operações.

A fabricante de maquinário norte-americana John Deere se mostrou à frente nesse segmento quando lançou, no ano passado, um serviço de internet junto ao fornecedor de telecomunicações Tropico, oferecendo-se para instalar antenas LTE nas fazendas para conectar máquinas e veículos.

Outras avançaram ao mercado neste ano, incluindo as empresas telefônicas Oi e TIM. Fornecedoras de produtos agrícolas, como AGCO, Case, Bayer e Trimble, uniram forças para desenvolver uma plataforma de código aberto que opere conexão de internet 4G, o programa ConectarAgro.

"A falta de internet obviamente coloca os agricultores brasileiros em uma posição complicada, isso pode prejudicar o avanço de sua competitividade", disse Rafael Marques, diretor da TIM, que também participa do ConectarAgro. A empresa firmou recentemente contratos para fornecer internet 4G a dois grandes grupos agrícolas no Brasil, SLC Agrícola e Adecoagro.

"O agricultor deseja utilizar aplicativos no campo, ele quer enviar um vídeo para seu agrônomo quando encontrar um potencial problema na plantação, eles querem estar online", disse Marques.

Em fazendas sem internet, as máquinas precisam, por exemplo, de coordenadas inseridas manualmente para plantios guiados por GPS, o que leva funcionários a andarem carregando dezenas de pen-drives.

A TIM planeja alcançar 5 milhões de hectares de fazendas cobertos por internet até o final deste ano. O Brasil possui cerca de 65 milhões de hectares de cultivos de grãos e oleaginosas.

Rival da TIM, a Oi fechou um acordo para fornecer internet para uma das fazendas controladas pela produtora e trading Amaggi, levando a conexão para a fazenda Tucunaré, de 87 mil hectares, no Estado de Mato Grosso. Com informações da Reuters.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[20/09/2019] - Abertura chinesa anima frigoríficos, segundo banco
[20/09/2019] - Arroba: frigoríficos seguram alta do boi
[20/09/2019] - Imposto maior prejudica pecuaristas de Goiás
[20/09/2019] - China habilita frigoríficos também na Argentina
[20/09/2019] - Bancos privados querem dar crédito ao Agro
[20/09/2019] - Goiânia tem clima desértico
[20/09/2019] - Calor passa dos 40 graus em MG e 39 no ES
[20/09/2019] - Chuva começa a chegar ao Mato Grosso do Sul

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[19/09/2019] - Exportações de carne bovina seguem com força
[19/09/2019] - Arroba do boi bate recorde de preço nominal
[19/09/2019] - Arroba do boi segue firme e em alta
[19/09/2019] - China libera mais carne de reserva emergencial
[19/09/2019] - Leite: preço segue subindo
[19/09/2019] - PIB: pecuária segue puxando o PIB do Agro
[19/09/2019] - Aftosa: fim da vacinação pode atrasar
[19/09/2019] - Exportações de milho seguem batendo recordes
[19/09/2019] - MAPA vai aos Emirados por investimentos
[19/09/2019] - CNA vai ao STF para que MAPA registre defensivos
[19/09/2019] - Quando a taxa de juros menor chegará ao Agro?
[19/09/2019] - China e EUA tentam resolver a guerra comercial
[18/09/2019] - Consultor prevê arroba subindo por dois anos
[18/09/2019] - Arroba: boi volta a subir em quatro praças
[18/09/2019] - Banco prevê melhora da demanda por carne
[18/09/2019] - Reposição: efeito-China deve puxar preços
[18/09/2019] - Marfrig emitirá mais dívida no mercado
[18/09/2019] - Fachin cobra julgamento da delação da JBS
[18/09/2019] - Bolsonaro sanciona posse de arma rural
[17/09/2019] - Arroba do boi subiu em várias regiões
[17/09/2019] - Preço da carne subiu no atacado
[17/09/2019] - JBS não vai indenizar pecuarista por Carne Fraca
[17/09/2019] - Confinamento deve aumentar no Mato Grosso
[17/09/2019] - Preço da carne segue subindo na China
[17/09/2019] - Peste suína chegou à Coréia do Sul
[16/09/2019] - Arroba: boi subiu de olho nas exportações
[16/09/2019] - Preço da reposição sobe em MG
[16/09/2019] - Exportações de carnes seguram balança do Agro
[16/09/2019] - Egito libera importações de lácteos do Brasil
[16/09/2019] - Tereza discute exportações com sauditas
[16/09/2019] - Bolsonaro terá alta, mas continuará afastado
[13/09/2019] - Marfrig aumenta produção para atender à China
[13/09/2019] - Arroba: China puxa alta do boi em algumas praças
[13/09/2019] - Burocracia pode ter causado queda nas exportações
[13/09/2019] - MT: bois abatidos estão mais pesados
[13/09/2019] - Projeto desburocratiza recuperação judicial rural
[12/09/2019] - China consome reserva de emergência de carne
[12/09/2019] - Frigoríficos liberados já estão vendendo à China
[12/09/2019] - Frigoríficos crêem em arroba mais alta
[12/09/2019] - Abates seguem em alta em 2019
[12/09/2019] - Arroba: escalas encurtaram
[12/09/2019] - Arroba: há espaço para alta
[12/09/2019] - Exportações de gado batem recorde
[12/09/2019] - Equador abre mercado para o boi em pé do Brasil
[12/09/2019] - PIB do setor de serviços surpreende e cresce
[12/09/2019] - JBS: deputados querem levar acusação aos EUA
[12/09/2019] - JBS: BNDES diz ver falhas nas operações
[12/09/2019] - JBS: comissão apurou negócio arriscado do BNDES
[12/09/2019] - Exportações de milho em alta
[12/09/2019] - MAPA anuncia medidas de corte de gastos

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br