Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
154,00 142,00 148,00
GO MT RJ
138,00 141,00 144,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1500,00
Garrote 18m 1830,00
Boi Magro 30m 2170,00
Bezerra 12m 1200,00
Novilha 18m 1400,00
Vaca Boiadeira 1550,00

Atualizado em: 24/5/2019 11:45

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Governo quer destravar o crédito rural

 
 
 
Publicado em 17/04/2019

Até esta quinta-feira (18), a equipe econômica do governo federal deve enviar à Casa Civil uma medida provisória que regulamenta o Fundo de Aval Fraterno. A MP é uma alternativa para a volta da tomada de crédito dos produtores rurais junto aos bancos e uma das soluções para as reivindicações do setor. O endividamento rural foi o tema da reunião da Frente Parlamentar da Agropecuária desta terça-feira.

“Sempre que se vai buscar solução para problemas complexos como este, nós temos que levar um molho de solução, pois nenhum deles, sozinho, vai ser a solução para tudo. Não existe ferramenta única para uma construção, precisa de várias ferramentas”, afirma o presidente da FPA, deputado Alceu Moreira (MDB- RS).

A proposta permite que os produtores rurais se reúnam em pequenos grupos, formando um fundo financeiro como forma de garantia para novos créditos junto à rede bancária. O sistema de aval cruzado teria grupos de 10 a 12 produtores que se avalizariam entre si. Além do produtor, indústria, banco e tesouro também participariam, já que estes últimos têm a intenção de mitigar os riscos de não pagamento por parte dos credores. Com a redução do risco, os juros ficariam mais baixos.

A intenção é trazer de volta para o mercado ativo o produtor que se inviabilizou pelo crédito. “Toda vez que o produtor tem um fôlego, ele é engolido pelo sócio oculto. Se nós não garantirmos que o produtor tenha renda, ele continuará se endividando”, enfatiza Moreira.

Segundo o coordenador da Comissão de Endividamento Rural, o deputado Jerônimo George (PP-RS), a ação dá ao produtor a condição de manejar suas garantias e manter o acesso de crédito junto aos bancos. “O que sai encarecendo ainda mais hoje é que o produtor tem que financiar fora dos bancos, com o risco desta operação, com o aumento do custo do dinheiro que, somado à falta de um seguro agrícola consistente no Brasil, faz com que o dinheiro do agro seja muito caro”, diz.

Subsídios

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) apresentou aos parlamentares os incentivos que os setores recebem do governo – agropecuária, indústria, comércio e serviços. De acordo com a entidade, o setor agropecuário brasileiro é o que menos se beneficia de subsídios e, especialmente, de desonerações tributárias.

O vice-presidente da Região Centro-Oeste da FPA, José Mário Schneider (DEM-GO) avalia que é existe um mito em torno do agro no Brasil. “Toda a população é beneficiada com estes incentivos, mas precisamos desmistificar e mostrar a importância dos outros produtos para que as pessoas entendam a importância da agropecuária brasileira”, diz.

“Se tem um setor que gera emprego e balança comercial positiva todos os anos, um setor que tem dado certo nesse país e que traz divisas muito grandes nesse país é o setor agropecuário e nós queremos tratamento igualitário com os demais setores”, afirma Sérgio Souza, (MDB-PR), vice-presidente da FPA na Câmara dos Deputados. Com informações da FPA.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[24/05/2019] - Brasil tem a maior criação de empregos desde 2013
[24/05/2019] - China quer comprar carne mais cara do Brasil
[24/05/2019] - MAPA envia 30 frigoríficos para liberação da China
[24/05/2019] - Marfrig otimista com mercado da China
[24/05/2019] - Carne: um novo mercado com 100 milhões de pessoas
[24/05/2019] - Arroba: frigoríficos tentam nova pressão
[24/05/2019] - Arroba não dá sinais de queda no norte do MT

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[24/05/2019] - Abates cresceram quase 7% no MS
[24/05/2019] - Preço do milho tem recuperação
[24/05/2019] - Mantega vira réu por empréstimo bilionário à JBS
[24/05/2019] - Produtor poderá portar armas em toda propriedade
[24/05/2019] - Como a guerra EUA-China afeta o produtor do Brasil
[24/05/2019] - EUA anunciam ajuda bilionária a produtores rurais
[24/05/2019] - Produtor rural: cuidado com a Certidão Negativa
[23/05/2019] - Reposição está movimentada: preço subiu
[23/05/2019] - Arroba: oferta aumentou mas preço segue estável
[23/05/2019] - CEPEA confirma força das exportações de carne
[23/05/2019] - Brasil já é o maior exportador de carne à China
[23/05/2019] - China queria habilitar somente 20 frigoríficos
[23/05/2019] - Pecuarista vira refém por 10h em roubo de gado
[23/05/2019] - Aftosa: Colômbia quer voltar a ser área livre
[22/05/2019] - Arroba do boi: nem pra lá, nem pra cá
[22/05/2019] - Exportações de carne seguem fortes e devem crescer
[22/05/2019] - Irã pode aumentar importações do Agro
[22/05/2019] - O acordo que pode render R$ 12 bi ao Brasil
[22/05/2019] - Japão deve puxar em 10% as exportações dos EUA
[22/05/2019] - Leite: alta de mais de 2% em maio
[22/05/2019] - Bolsonaro altera decreto das armas
[21/05/2019] - Exportações de carne sinalizam alta forte
[21/05/2019] - Arroba: poucos negócios
[21/05/2019] - A arroba do boi vai chegar aos R$ 165?
[21/05/2019] - CNA pede que STF suspenda tabela de frete
[21/05/2019] - Farelo de soja: preço caiu
[21/05/2019] - Reposição está valorizada no Paraná
[21/05/2019] - Aftosa: governador do PR promete ouvir produtores
[21/05/2019] - Sinal ruim ainda limita internet no campo
[20/05/2019] - A arroba do boi vai voltar a subir?
[20/05/2019] - Ajuda em dinheiro à JBS revolta pecuaristas
[20/05/2019] - Frigoríficos otimistas com exportações à China
[20/05/2019] - Preço do milho voltou a subir
[20/05/2019] - PIB do Agro teve leve alta em fevereiro
[20/05/2019] - Empresas do Agro continuam comprando caminhões
[17/05/2019] - Arroba: pressão de baixa perdeu força
[17/05/2019] - Exportações de carne bovina seguem em alta
[17/05/2019] - Marfrig crê em abertura breve dos EUA
[17/05/2019] - Otimismo com a China puxa ações do Marfrig
[17/05/2019] - JBS: Wesley Batista é réu em mais um processo
[17/05/2019] - Japão fecha acordo para importar carne dos EUA
[16/05/2019] - Arroba: frigoríficos continuam forçando queda
[16/05/2019] - Bezerro subiu e a arroba não acompanhou
[16/05/2019] - Reposição: vacinação reduz negócios
[16/05/2019] - Exportações de gado em pé sobem 27%
[16/05/2019] - China: MAPA espera habilitação de 78 frigoríficos
[16/05/2019] - Marfrig sai do prejuízo e registra lucro em 2019
[16/05/2019] - Marfrig vê melhora nas exportações de carne
[16/05/2019] - Lácteos sobem no atacado
[16/05/2019] - Exportações do agro batem US$ 30 bilhões

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br