Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
150,00 141,00 145,00
GO MT RJ
138,00 132,00 141,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1320,00
Garrote 18m 1570,00
Boi Magro 30m 1920,00
Bezerra 12m 990,00
Novilha 18m 1150,00
Vaca Boiadeira 1370,00

Atualizado em: 19/9/2018 12:25

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Brasil, enfim, livre oficialmente da aftosa

 
 
 
Publicado em 21/02/2018

O Comitê Científico da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) recomendou que o Brasil seja reconhecido como livre da febre aftosa com vacinação aos 180 países integrantes da entidade. Com isso, 25 estados e o Distrito Federal tendem a ser declarados livres da aftosa com vacinação pelo organismo internacional. Santa Catarina é reconhecida pela OIE como livre da doença sem vacinação desde 2007. A decisão deverá ser anunciada na assembleia geral da entidade a realizar-se em Paris de 20 a 25 de maio, e o certificado de país livre de aftosa será entregue no dia 24. O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, deverá estar presente na solenidade. Também está prevista a presença do presidente Michel Temer.

O informe do comitê formado por 15 cientistas foi feito ontem ao ministro Blairo e a integrantes da Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA). O ministro comemorou a decisão do comitê, alcançada depois de décadas de luta do governo e de lideranças da pecuária nacional, conforme lembrou. “Estou muito feliz e quero compartilhar a conquista com milhares de pessoas que colaboraram para isto”. Após a decisão a ser tomada em maio próximo, o Brasil, de acordo com cronograma já aprovado, irá intensificar os esforços para ser declarado livre da aftosa sem vacinação até 2023. “Será o grande salto da pecuária brasileira”, acredita Maggi.

Segundo o diretor do Departamento de Saúde Animal do Mapa e representante do Brasil na OIE, Guilherme Marques, “com o excelente relatório enviado pelo Brasil, a ausência da circulação do vírus no país e as medidas adotadas para evitar a doença, o Comitê Científico enviará sua recomendação do Brasil livre da aftosa com vacinação aos países integrantes da OIE. Em maio, será uma etapa formal, quando os países deverão acatar recomendação do comitê”, avalia Marques. O Comitê Científico recomendou ao Brasil reforçar a vigilância das fronteiras com a Venezuela e Colômbia, para evitar eventual reingresso da doença no Brasil.

Reforço nas fronteiras

Em setembro do ano passado, o ministério encaminhou pedido de reconhecimento do Amazonas, Amapá, Roraima e parte do Pará, como áreas livre de aftosa com vacinação, que não havia solicitado até então. “Cumprimos todas as exigências com a realização da sorologia, envio de informações sobre os serviços veterinários, reforço na vigilância interna e junto às fronteiras. Em novembro, o assunto foi tratado por uma equipe de febre especializada em aftosa formada por cientistas indicados pelos países da OIE. E o grupo encaminhou, a seguir, recomendações favoráveis ao pleito brasileiro ao Comitê Científico da organização.

Sem vacinação

Conforme prevê o Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA), o próximo grande passo do Brasil será retirar a vacinação contra a doença. A partir de maio do próximo ano, Acre e Rondônia, além de municípios do Amazonas e de Mato Grosso, começarão a abolir a vacinação. A previsão é que até maio de 2021 todo o país deixe de vacinar o rebanho e, até maio de 2023, o país inteiro poderá ser reconhecido pela OIE como livre da aftosa sem vacinação. Com informações do MAPA.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[19/09/2018] - Alta da arroba não perde força
[19/09/2018] - Reposição sobe forte
[19/09/2018] - Tabela de frete não é sustentável, diz ministro
[19/09/2018] - Diesel pode faltar no final do ano
[19/09/2018] - Milho deve subir

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[18/09/2018] - Mercado do boi segue em alta
[18/09/2018] - Exportações de carne seguem firmes em setembro
[18/09/2018] - Atacado da carne continua em alta
[18/09/2018] - Leite cai no varejo
[18/09/2018] - Javalis causam grandes prejuízos a produtores
[18/09/2018] - Bolsonaro consegue apoio de indígenas
[17/09/2018] - JBS mais fraco aumenta concorrência pelo boi
[17/09/2018] - Arroba: alta segue firme
[17/09/2018] - Confinamento está menor em SP
[17/09/2018] - Fim de imposto pode aumentar exportação de couro
[17/09/2018] - Milho: negociações esfriam
[17/09/2018] - Incêndio devasta pastos em Rondônia
[17/09/2018] - JBS: Justiça libera presos em operação
[14/09/2018] - Frigorífico Minerva tenta acalmar o mercado
[14/09/2018] - Arroba continua subindo
[14/09/2018] - Preço da carne cai no varejo
[14/09/2018] - Alckmin tira porte de arma no campo de programa
[14/09/2018] - Receita está negativando CPF de produtores rurais
[13/09/2018] - Arroba: frigoríficos não acham boi para comprar
[13/09/2018] - Arroba já bate os R$ 150
[13/09/2018] - Exportações seguem com força em setembro
[13/09/2018] - Produção de leite caiu no trimestre
[13/09/2018] - BNDES perdeu mais de R$ 1 bi no Bertin
[13/09/2018] - JBS diz ter pago R$ 70 mi ao governador do MS
[13/09/2018] - JBS antecipa pagamento de R$ 2 bi
[13/09/2018] - Minerva: sauditas podem se tornar majoritários
[13/09/2018] - Governo vai liberar hora-extra a fiscais
[12/09/2018] - Frigoríficos confirmam recorde nas exportações
[12/09/2018] - Arroba do boi continua subindo
[12/09/2018] - Exportações de boi em pé subiram em agosto
[12/09/2018] - Abates subiram mesmo com greve dos caminhoneiros
[12/09/2018] - Custo em alta trava confinamento
[12/09/2018] - Insumos sobem com frete tabelado no MS
[12/09/2018] - Por dívidas, Minerva anuncia aumento de capital
[12/09/2018] - PF investiga escândalo que envolve frigoríficos
[11/09/2018] - Arroba do boi sobe em 17 praças
[11/09/2018] - Frigorífico exportador puxa preço do boi em SP
[11/09/2018] - Oportunidade no mercado de reposição
[11/09/2018] - Governo não libera dados das exportações
[11/09/2018] - Milho: confinamento puxa vendas no Mato Grosso
[11/09/2018] - Leite: consumo baixo pressiona os preços
[10/09/2018] - Arroba do boi deve seguir em alta
[10/09/2018] - Boi magro está em falta
[10/09/2018] - Carne continua em alta em SP
[10/09/2018] - Brasil enfrenta turbulências nas exportações
[10/09/2018] - Exportação argentina pode ser afetada pela crise
[10/09/2018] - Para onde vão os preços do milho?
[10/09/2018] - ANTT começa a fiscalizar cumprimento de tabela
[10/09/2018] - CNA pede, de novo, suspensão da tabela de frete
[10/09/2018] - Precisa de ajuda para preencher o ITR?

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br